Ganso e B.Henrique serão julgados por expulsões em Fla-Flu

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ganso, do Fluminense, e Bruno Henrique, do Flamengo, serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) na próxima segunda-feira pelas expulsões no Fla-Flu da semifinal da Taça Rio, disputado no último dia 27, no Maracanã. O meia tricolor foi denunciado por discutir com o quarto árbitro, enquanto o atacante rubro-negro responderá pela entrada violenta em Gilberto.

Quem corre o risco de pegar o gancho mais pesado é Ganso, cujas penas podem chegar até a 360 dias de suspensão. De acordo com o relato do árbitro Marcelo de Lima Henrique na súmula, o meia xingou mais de uma vez, deu um empurrão e ainda bateu no braço do quatro árbitro.

Ganso discute com o quarto árbitro e é expulso, aos 51' do 2º tempo

Ganso discute com o quarto árbitro e é expulso, aos 51′ do 2º tempo

O meia foi denunciado duas vezes no artigo 258 parágrafo 2 (conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva), cuja pena é de um a seis jogos de suspensão, e outras duas vezes no artigo 254-A (por agressão), que, pelo agravante de ser direcionada a um integrante da arbitragem, a pena mínima é de 180 dias de suspensão (parágrafo 3).

Como a denúncia afirma que as penas podem ser cumulativas, Ganso poderia pegar gancho de até 12 jogos em competições estaduais ou ficar suspenso por até 360 dias em qualquer competição nacional(diferentemente de punições por jogos do TJD-RJ, que valem apenas em âmbito estadual, as punições por prazo, valem para todas as competições nacionais).

Detalhe mostra motivo da expulsão de Ganso

Detalhe mostra motivo da expulsão de Ganso

Já Bruno Henrique recebeu cartão vermelho direto por entrada com as travas da chuteira no joelho de Gilberto. Ele foi enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), por “praticar jogada violenta” e pode pegar de uma a seis partidas de suspensão (em competições da Ferj).

Súmula com as justificativas das expulsões de Ganso e Bruno Henrique — Foto: ReproduçãoSúmula com as justificativas das expulsões de Ganso e Bruno Henrique — Foto: Reprodução

Súmula com as justificativas das expulsões de Ganso e Bruno Henrique — Foto: Reprodução

GANSO – Artigos 258, §2º, II (2 vezes) e 254-A, §3º (2 vezes)

Art. 254-A. Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente.

PENA: suspensão de quatro a doze partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de trinta a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código. Se a ação for praticada contra árbitros, assistentes ou demais membros de equipe de arbitragem, a pena mínima será de suspensão por cento e oitenta dias.

Art. 258. Assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à éti-ca desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código. (II — desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou recla-mar desrespeitosamente contra suas decisões).

PENA: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código.

BRUNO HENRIQUE – Artigo 254, §1º

Art. 254. Praticar jogada violenta

PENA: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes

Expulso! Bruno Henrique acerta Gilberto e leva o cartão vermelho, aos 49' do 1º tempo

Expulso! Bruno Henrique acerta Gilberto e leva o cartão vermelho, aos 49′ do 1º tempo

Ganso fora de Fla-Flu deste sábado; Bruno Henrique já cumpriu suspensão

Ganso terá que cumprir a suspensão automática no Fla-Flu deste sábado. Bruno Henrique, por sua vez, já cumpriu a automática na final da Taça Rio e está liberado para o clássico da semifinal do estadual.

O julgamento será feito na segunda-feira pela 5ª Comissão Disciplinar do TJD-RJ, e os clubes também foram enquadrados. Flamengo e Fluminense vão responder ao artigo 257 do CBJD, parágrafo 3, pela confusão no fim da partida e a impossibilidade de reconhecimento de todos os infratores. Além disso, o Tricolor, mandante da partida, será julgado também no artigo 211, por “Deixar de manter o local com infra-estrutura necessária a assegurar plena garantia e segurança”.

Flamengo e Fluminense se enfrentam às 19h (de Brasília), no Maracanã, em jogo único. O Rubro-Negro tem a vantagem do empate por ter sido o campeão da Taça Rio. Na outra semifinal, o Vasco, campeão da Taça Guanabara, enfrenta o Bangu neste domingo. A final do Campeonato Carioca será disputada em dois jogos, nos dias 14 e 21 de abril. Quem ainda tiver suspensão para cumprir ao final do estadual, acumulará a pena para a competição do ano que vem.

Fonte: G1

SOBRE NÓS

Fomos muito além da notícia e criamos um portal especialmente para você. Somos um portal onde a política e o entretenimento divide espaço, para deixar você o dia inteiro muito bem informando sobre tudo o que rola nos bastidores da política, do entretenimento e até mesmo da economia.

POSTS RECENTES

FACEBOOK

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com